Home Geração Erasmus Experiências Erasmus

Experiências Erasmus

"Erasmus não é um ato isolado mas sim uma forma de vida"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

André Costa, ex-estudante Erasmus na Dinamarca

"Se há testumunho que posso dar sobre a minha experiência Erasmus é esse: não ter medo de fazer as malas e partir - não há nada a perder só a ganhar.

 

"Ao final de 6 meses queria ficar lá mais 6!"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Isabel Novais Machado, ex-estudante Erasmus na Alemanha.

"Estava a acabar o curso e já na altura tinha descoberto a minha paixão por viajar, por conhecer novas culturas e dinâmicas e a sensação de valor acrescentado, que é crescermos com base nas diferenças e semelhanças das pessoas que nos rodeiam.

 

"Foi a experiência que mais marcou a minha vida"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Anabela teixeira, ex-estudante Erasmus na Alemanha

clip_image002

 

"Querido Diário,                                

Desde o dia 3 Março 2009, dia em que terminou aquela que foi a experiência que mais marcou a minha vida que não te escrevia. Desculpa ter-me esquecido de ti.

 

"Foram 3 meses e meio que nunca hei-de esquecer"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Vera Ferreira, ex-estudante Erasmus na Holanda.

"Quando tive conhecimento do Programa, no primeiro ano do curso, não pensei em participar por motivos monetários... mas nesse mesmo ano estiveram, através do mesmo programa ou outro semelhante pois já não me recordo bem, duas holandesas na ESE e, pelo fato de estarem hospedadas no mesmo sítio que eu e umas amigas minhas e falarmos inglês, criei amizade com elas. Foi uma boa maneira de melhorar na fluência da língua.

 

"Uma experiência fantástica!"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

IEVeira2

Inês Espada Vieira, ex-estudante ERASMUS na Alemanha

Inês Espada Vieira fez ERASMUS na Universidade de Hamburgo, na área de Línguas, no ano lectivo de 1995/1996. Nessa altura, estava a frequentar a licenciatura em Línguas Estrangeiras Aplicadas, na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa.

 

"A Europa é para todos"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Filomena Djassi, ex-estudante ERASMUS na Bélgica

Filomena fez ERASMUS em 2004. Estudante de Serviço Social, decidiu fazer estágio na Cruz Vermelha Belga. Teve a coragem de sair de Portugal sem falar nenhuma língua estrangeira e viveu a maior aventura da sua vida. Foi uma história fantástica que ouvimos de uma assentada. Infelizmente aqui só cabe um pequeno resumo...

A chegada

A faculdade aqui pôs-me em contacto com a faculdade lá e fui tratando todo o meu processo... Tinha um problema: eu não sabia falar inglês, nem francês, nem holandês... só sabia falar português! Mas tinha uma vontade imensa de fazer ERASMUS. (...) Então comecei aqui a minha relação com a escola e surgiu a oportunidade de ir trabalhar com refugiados. O que eu pensei foi, "como eu não sei falar nada, e os refugiados também não, vai ser mais interessante a minha integração porque partilhamos a dificuldade da língua". (...) Então eu fui para Bélgica... quando entrei no avião a tripulação só falava francês e inglês e eu não entendia nada! Então comecei mesmo a perceber «eu não sei falar! O que é que eu vou fazer?!». Quando chegamos, saí do avião e comecei a ficar aflita! Voltei para o avião e fui pedir socorro a um passageiro, um senhor que falava um pouco de português. Então o senhor foi comigo, ligou para a escola, fez o itinerário para eu chegar lá, ajudou-me a comprar os bilhetes... até foi falar com o condutor do autocarro! (risos) Lá consegui chegar a Geel.

 

"Arrependo-me de não ter ficado mais tempo"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

0-NancyReis

Nancy Reis, ex-estudante Erasmus em Oulu, Finlândia

Quando Nancy decidiu fazer Erasmus em 2008 não imaginava que novos caminhos se iriam abrir e que hoje estaria a viver em Trieste, Itália.

 

"No ERASMUS deve haver tempo para tudo"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Sara Falcão Casaca, ex-estudante ERASMUS no Reino Unido

Sara era estudante de sociologia quando fez ERASMUS, em 1992. Concorreu à única vaga que existia para a Universidade de Warwick, no Reino Unido, e foi selecionada. Os 11 meses que esteve a estudar no estrangeiro abriram-lhe portas importantes para o seu percurso profissional. Hoje é professora universitária no ISEG-UTL onde integra o Departamento de Ciências Sociais. Vinte anos depois a experiência ERASMUS continua a ser um marco na sua vida.

Quando decidiu fazer ERASMUS em 1992, o que sabia sobre o programa?

Penso que sabia o fundamental sobre o "espírito do programa Erasmus" e estava maravilhada... Aliás, mantém-se o entusiasmo; sou uma defensora convicta deste programa de mobilidade – o que me muito motivou a exercer a função de coordenadora institucional no ISEG-UTL... Todavia, na minha altura, há 20 anos, os procedimentos inerentes à mobilidade estavam claramente menos formalizados. Não havia um "learning agreement", por exemplo... Queixamo-nos da burocracia, mas parte dos documentos que hoje circulam entre universidades, e que acompanham o percurso de cada estudante, visam introduzir mais justiça, rigor e até transparência... Servem também para proteger os/as estudantes. Ainda assim, penso que reunia a informação essencial, num contexto em que a mobilidade era pouco praticada e as rotinas eram claramente mais informais.

 

"Senti-me capaz de voar sozinha"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Alexandra Ginja, ex-estudante Erasmus na Polónia

Alexandra sempre procurou fazer parte de projetos internacionais. Participou no programa de intercâmbio Comenius e esteve envolvida com o Parlamento Europeu dos Jovens. Quando começou a frequentar o curso de Engenharia Biológica e Alimentar, no Instituto Politécnico de Castelo Branco, não perdeu a oportunidade de se candidatar ao programa ERASMUS. A experiência de fazer estágio na Polónia foi tão marcante que Alexandra decidiu fazer outro intercâmbio. Através do programa Leonardo Da Vinci, esteve a estagiar na Unilever R&D Vlaardingen, na Holanda, onde hoje trabalha como food product developer.

 

GUIA-ERASMUS-2012-WEB-1

Outras informações


seo canakkale vergi mevzuati bagimsiz denetim kanunlar web security engelliler teknoloji sgk bagimsiz denetim bagimsiz denetim sorgulama internet security mevzuat vergi ve sgk mevzuati canakkale canakkale balik tutma search